segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Vitória 0 x Santos 1. "canhotos" no bobinho já. 2 toques com a perna direita

A proposta é reunir os canhotos do time, na lua cheia do campo de treino.
O bobinho será de dois toques SÓ VALE PÉ DIREITO, com 2 no Bobo.
 Vamos achar o melhor de 10 bobos, a cada dia.
Os canhotos? Dodô, Pituca, Gabriel, Copete, são os responsáveis pelo evento, e reunir todos os canhotos do time antes dos treinos.
O pior da semana paga 20 flexões e o melhor ganha 100 reais do lr. Pode vir me cobrar , Quem topa?
Quem topa?
Infelizmente temos visto muitas bolas jogadas, onde a coordenação , equilíbrio dos jogadores na realização de jogadas com o pé direito, ou com a posição de tomada de bola pela direita, ou finalização, está bem defasada pelos canhotos do time.
Precisamos treinar isso, para não vermos mais jogadas terríveis, que tem acontecido nos jogos.
Gabriel, e Pituca, depois Dodo, Copete são os que mais precisam de equilíbrio e treino.
O  Gabriel quando jogava na base já tinha esse problema, mas nada foi corrigido, infelizmente.
Os outros precisam de treinamento diário também.

Setor e Jogadores
GOL: Wanderlei , muito bom, consegue transmitir posicionamento e responsabilidade para cada jogador, está em grande fase e merece uma vaga na seleção do Brasil.

LATERAIS: As jogadas precisam sair e ter mais objetividade, sinto falta do Dodo mais agressivo, e os jogadores de frente com melhor condição de troca e finalização.
Já Vitor, está entrando bem pelo lado e pela ponta, mas ainda não temos a passagem da bola,certa, para quem está na frente, ou entrando no bico ou no meio da área. Falta treinamento.

DEFESA: Gustavo, na base, tinha uma boa direção de cabeçadas, puxadas, arranques , chutes, e flexão adequada. Está começando a adquirir essa forma depois dessas últimas atuações. Melhora a parte tática, e começa a apresentar um bom rendimento como no tempo da base. Já Luiz ainda está um pouco longe do ideal, precisa de um melhor preparo técnico e tático ainda.

VOLANTES: Alison é um "pitbull" na frente da área , mas precisa ter suporte nas arrancadas e deslocamentos laterais de cobertura, quando sai do meio. As distâncias laterais dos atacantes tem gerado jogadas de gol. A leitura  de quem arma, no adversário, precisa ser melhor planejada no grupo. Pituca começa a ter mais tranquilidade para jogar, também precisa saber quem marca, quem  vai para o outro ficar e equilibrar as jogadas no campo de ataque, no 1 ou no 2 da defesa. Seja no centro ou nas laterais.Isso ainda continua bem confuso no grupo.

ARMADORES: Acho que Rodrigo, precisa ter mais liberdade para jogar na recepção de defesa e ataque , mas precisa compactar o 3º passe também. é um jogador que pode ser o último atacante para fazer gol, como pode vir receber e inverter jogadas com quem sobe. Sanches, é um ótimo jogador, a melhor contratação do Santos. sabe conduzir jogadas, e tem boa leitura do adversário. Mas precisa equilibrar sua energia para ficar a partida inteira com bom preparo físico, e com melhores opções nas criações de jogadas.

ATACANTES: Gabriel, está fazendo gols, mas tem perdido gols incríveis também, errando nas conduções e passes, pelo lado e perna direita do corpo, principalmente. Além de  ficar em posicionamentos , no campo, pouco criativos. A bola não pode vir por cruzamento aéreo para ele. Então tem que ser trabalhada, virada de lado, cutucada certa, achar o espaço de entrada, de direita ou esquerda para fazer o gol, (e não adianta chorar). A bola tem que chegar na frente, no lado , ou atrás da zaga. Isso é treino do Cuca, não tem o que fazer para melhorar. BH, esta atravessando uma fase muito chata. Tem potencial, sabe fazer a jogada do mano a mano, mas o corpo não tem acompanhado. Isso é momentâneo, esses erros vão se transformar em acertos, e em breve o atacante vai voltar a fazer o que sempre fez: Gols.

Enfim, o Santos precisa ser mais criativo e ao mesmo tempo mais combatente no setor ofensivo. Acertar jogadas que não estão dando certo, e procurar diminuir a atuação do adversário com as bolas no campo defensivo, lendo as jogadas do adversário, antes dos lances. O treino dos "canhotos" com a "direita", incluindo aí o equilíbrio corporal para jogar, parece uma brincadeira, mas é algo que deveria ser feito, como rotina.

Boa semana a todos

Santos rumo a libertadores.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Santos x Cruzeiro, em alto astral, vai em busca da vaga para libertadores 2019.

O Santos tem jogado muito bem, acertou a zaga, com  Gustavo e Bambú e o meio com três volantes, e ainda  com um desempenho melhor nas linhas e jogadas laterais, além dos apoios  aos alas e centrais na frente do ataque.
O time "diminuiu o campo",entre as linhas de jogo, e está sabendo também lutar no terreno ofensivo com a volta de Gabigol a sua melhor fase.
Infelizmente Cuca teve apenas duas semanas de treino até aqui, apesar dos 40 dias no grupo,mas já consegue estabilizar as linhas e consegue utilizar as criações do meio campo, tão questionadas no começo do ano.
Se Gustavo ainda não acerta 100% o tempo da bola nos arremates e puxadas, consegue ser perfeito nas coberturas e tiradas centrais. Dodo, se posiciona bem melhor, mas ainda erra passes (5 feios, no último jogo), incluindo os "sem pressão", já o nosso ala direita, precisa ficar mais calmo e parar de reclamar. Pitucha, precisa articular melhor com os outros volantes, para saber como e quando proteger meios e alas, e sobrar na frente quando necessário, mas é uma questão de tempo e conversa.
Tanto com Rodrigo armando, como atacando o Santos fica forte, e Gabriel é bom saindo da ponta , como saindo do meio na última bola.
Os lançamentos saindo das laterais, e na tabela ofensiva, tem dado certo, mas o terceiro passe ainda precisa ser trabalhado.  Os melhores ataques do Santos apareceram assim, nos últimos jogos.
Eu Acho que o Santos vai fazer uma ótima partida. acredito que esse crescendo e a mudança maior do Santos, pode ser nesse jogo.
O meu time é esse que o Cuca tem escalado sempre, talvez o treinador com maior sintonia com o que tenho tido em todo esse tempo de blog.Parabéns Cuca!
SANTOS FC, RUMO A LIBERTADORES 2019

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Jurídico ou administrativo, o Santos FC é a fonte!

O Santos tem um patrimônio forte, histórico,mas por brigas internas, e também de grupos externos, a marca, o nome Santos FC é jogado para qualquer lugar.
 A imprensa, infelizmente, passa a ser trampolim para alguns, através da mentira, de situações que possam denegrir a imagem do seu opositor,com associações indevidas ao nome Santos FC, para muitos destes,COM "ROJÕES" DE VENDAS DE JOGADORES, E COM VENDAS IRRESPONSÁVEIS, tirando proveito próprio apenas. 
Há muito tempo é imprescindível que a apresentação do IR, acontecesse, aqueles que devem, que contratam e depois cobram, ou aqueles que apenas terceirizam o nosso patrimônio administrativo.
O Jurídico exige de um administrativo, que "bebe" a água do Santos, mas vive "morrendo de sede" e nada faz para "melhorar a fonte".
O jurídico deveria exigir mais que uma simples dívida seja paga, mas também qual foi o contexto em que a fonte Santos, gerou a água (dinheiro), e quando ela secou. Porque as pessoas ficaram saciadas "por dinheiro" e a bica "Santos" esta seca?
 É preciso conhecer esses empresários que aparecem por aqui e acabam com o nosso patrimônio, chamado time de futebol. 
É preciso colocar essas pessoas na cadeia,as fazendo devolverem o que levaram. 
Se existe alguém que pega em nome de terceiros .Quem são esses terceiros?
 O Santos tem que voltar a ser uma mina limpa, que jorre água limpa, e que nunca mais seque.
 E que se algum Juíz autorize a tirar algum dinheiro daqui , que saiba o quanto que vai poder entrar depois, ou o quanto ainda se tem para se manter o clube.

POIS AQUI É A MINA , E SEMPRE SERÁ...SANTOS FC

sábado, 25 de agosto de 2018

Duas vitórias seguidas, fora da zona, 40 mil no Paca, mas D.M. manda!

Apesar do Santos ter vencido as duas últimas partidas (Sport e Bahia) pelo placar de 2 x 0, estar fora da zona de rebaixamento, ter empatado com os argentinos 0 x0, na próxima terça com o Pacaembu completamente lotado e voltar a enfrentar esse time novamente , quem vai mandar no time é o D.M.

Só os médicos do Santos podem dar a escalação para a próxima partida.

É impossível o técnico Cuca querer escalar o time (na altura do campeonato), com a intensidade dos jogos, as pancadas recebidas,  o risco de lesões futuras, devido a proximidade entre os jogos existentes.

O time:

No gol, Wanderlei tomou duas pancadas feias contra os gringos , mas já esta bem e não teve problema contra o Bahia, possivelmente será o titular.

Nas laterais, temos apenas Daniel , que também tomou duas pancadas nesse jogo de hoje, mas deve jogar , enquanto Jean Mota, mais descansado, pode entrar no setor esquerdo (com Dodô suspenso e que também merece descanso ).

Na defesa, está o maior problema, com Veríssimo e Bambu dando o recado, Gustavo saiu bem mal, mas pode entrar, depois de tudo que passou isso é fichinha. Veríssimo em estado critico nos finais dos jogos, e em caso de substituição, teremos que improvisar.

Como volantes, temos Pitucha entrando direto e deve enfrentar os gringos, mas todo cuidado é pouco ate terça, Renato não tem entrado, Alison também recuperando a melhor forma.

Os meias  Sanshes , sem o resultado do embrólio não sabe se entra ou não, está bem, Rodrigo tomou três pancadas nos três jogos , merece um descanso, mas terá que atuar.

Com o ataque temos BH atravessando uma fase de readaptação, tem tomado pancadas na sequencia dos jogos, e tem dado o recado, finalmente Gabriel que está sendo recuperado pelo Cuca, e pode surpreender nesse final de campeonato. Futebol nos sabemos que ele tem de sobra.

Vamos torcer para o DM santista acertar nas escolhas, e ajudar o Santos a sair desse momento  com o Pacaembu totalmente lotado, com 40 mil santistas, nessa próxima terça feira.

"Vamo que vamo" Santos.


quarta-feira, 15 de agosto de 2018

VERGONHA! continua: sem copa do Brasil e está na zona do rebaixamento. 3 meses sem vencer. O que fazer?

Com uma atuação muito semelhante ao que vem apresentando ao longo da temporada, o Santos começa a perder títulos em função do fraco plantel, atraso na compactação do grupo, (em função da mudança do grupo), e falta de especialistas em alguns setores.

No inicio do ano, já com a saída de Oliveira, (atacante) e Lucas Lima, (meia de ofício), e com Zeca (lateral)em processo contra o clube, além da perda de alguns outros jogadores ( que já vinham atuando e foram saindo em anos anteriores), o Santos iria encontrar muita dificuldade para equilibrar o time nesse brasileiro.

Com relação as duas únicas solicitações desse blogueiro, e de maneira até desesperadora, ao presidente do clube,(para que não acontecesse isso que está acontecendo). Foi que se mantivesse, e pudesse   renovar com o RO, com o objetivo (para que  pelo menos ) de ficar no meio da tabela.
 É claro que ia ser um investimento, uma linha de crédito, algum patrocínio paralelo, enfim, alguma coisa deveria ser feita nesse sentido. Mas não foi feito.

Também solicitei na caixa de e mail ao presidente Peres, a contratação do meia Nenê, na época. Nenê estava praticamente carregando o Vasco ,  e com ótimo poder de organização de jogadas, além de já ter passado por aqui. Também não foi atendido.

Foram meus dois únicos pedidos.
É evidente que não sou o mágico da lampada, ou Mandrake, mas RO, será novamente o artilheiro do Brasileiro e Nenê, talvez, campeão brasileiro.

Com relação ao grupo que ficou, encontramos vários problemas: falta de entrosamento,  muitas lesões e falta de amadurecimento de alguns atletas.
Além disso falta de criação e agressividade ofensiva.
Observamos no jogo,apenas  um "vazio de espera" na intermediária, no ataque do adversário,  e uma colocação praticamente estática do time na frente.

Falta sincronia nas linhas, ângulos para passes e lançamentos, nos deslocamentos, e principalmente ensaio para jogadas próximas a área.

Diante disso o Santos, como estava desenhado, tinha que acertar um plano B, ou um plano defensivo.
A defesa praticamente estava composta, mas sem alguém para trabalhar a bola no meio e na frente.
É evidente que, pelo menos, tínhamos que construir um trio na área, para não tomarmos gols.
Exaustivamente falei desse trio e de varias possibilidades de saída de bola aqui nesse blog. Por exemplo:
a)A primeira, e óbvia, possibilita uma subida alternada dos laterais, e a reposição da cobertura, através de zagueiros.
b) a segunda alternativa, o revezamento dos alas,  a troca de laterais e volantes na linha de armação e contenção.
c) a terceira alternativa é a subida de um zagueiro em jogada de ataque com bola aérea, como fator surpresa
d) a quarta alternativa, e talvez a principal, o time nunca deveria ter o terceiro zagueiro sendo um volante , mas com alguém de ofício, para não perdemos as jogadas no meio, a tática na substituição lateral ,e a troca lateral de função, é o que está faltando nesse grupo.

Infelizmente essa disposição tática (3 5 2) acontece no jogo, mas sem zagueiros de ofício, não tem posicionamento defensivo adequado na frente do gol. E com isso,tomamos diversos gols assim.

 Não adiantou nada falar!

Outra cobrança feita, praticamente em todos os posts, era para que o jogador JM, permanecesse  como LE, apenas, porque não tem penetração, não sabe lançar, bate mal no gol quando joga, e principalmente porque não tem fundamentos adequados. Falamos nisso em outra postagem, aliás só fez seu gol, na lateral esquerda, (ultimamente).

O meio de campo é muito mal estruturado, não se sabe quem vai receber o 3º passe.
Não se alinha nem verticalmente , nem horizontalmente e nem lateralmente , como desenho tático, para iniciar jogadas.
Na defesa, aquele vazio defensivo|: não "belisca" o adversário, perde muitas bolas em lançamentos,  passes sem objetivo, (e muitos errados sem qualquer pressão do adversário)

No ataque, Rodrigo, Gabriel e BH, são ótimos jogadores, mas estão perdidos em campo. Sabem onde ficam, mas não sabem o que fazer com a bola, ou como vão receber de alguém depois. Falta alguém que puxe, ou tire um da zaga adversária, para um outro marcar ou tabelar próximo ao gol.
Isso é treino e humildade. Coisa que esta´faltando nesse elenco,  longe de suarem como jogadores santistas de verdade.

Enfim, é muito difícil criticar jogadores agora, porque o time está mal,  alguns estão em fase de amadurecimento e outros ainda se recuperando.
O grupo precisa se unir , trabalhar com determinação , porque do jeito que as coisas estão, a vaca vai pro brejo.
Treinar fundamento é obrigação: chutar, passar, bater penalti, lançar, marcar.
No aproveitamento dos fundamentos? Estamos péssimos!
Eu ontem estava com um menino. Ele não conseguia mandar a bola alta na minha direção com o pé trocado, e para o outro lado do campo. Nem fraca.
 Jogador profissional tem que treinar com os dois pés. Trivela e chapa de pé? com os dois pés. Correr e chutar? com alguém na pressão, com os dois lados da corrida.
Percebemos jogadas com falta de equilíbrio e visão de jogo.

Meu time?
                                      Wanderley
                         Veríssimo, Luis, Gustavo
Guedes ( Ferraz), Pituca, Renato, Rodrigo  e  Dôdo ( J.M)
                                    Gabriel e BH

Vamos Santos, vamos virar esse jogo?


sexta-feira, 8 de junho de 2018

DANDO TOQUES AO JEAN MOTA

Santos em Formação
Um clássico com muitos erros defensivos e ofensivos, com um adversário bastante diferente do que estamos acostumados a ver tecnicamente, aliás, bastante deficiente, não sendo um bom parâmetro para sabermos como o time está taticamente e tecnicamente nesse momento.
 Infelizmente os erros de marcação continuam, a tática é a mesma,  um 4 1 4 1 que passa para um 4 3 3, onde o potencial de nossos jogadores são esquecidos, e  a fragilidade do nosso sistema defensivo se torna evidente. Gabriel errando gols incríveis, (contra o Cruzeiro também não anotou), precisa de uma pequena reciclagem, na minha opinião.
Cansamos de observarmos a falha no retorno de nossa "espera" defensiva e sem nenhuma ação ofensiva planejada taticamente e tecnicamente na reposição de bola.
Nossa sugestão é uma zaga com três zagueiros, dois alas atacantes, dois volantes, um meia flutuando e dois atacantes centrais. ( A primeira linha alterna ou não, com a entrada dos alas na defesa, e no ataque quando o ala sobe, tem revesamentos e trocas, com avanços de volantes na segunda defensiva)
Toques ao Jean Mota:

 1) Chutes a gol, e chutes com cobrança de falta de longa distância com defesa formada:
Percebemos que toda bola chutada pelo jogador, normalmente sobe, isso porque a adrenalina do jogo é maior, a tensão interna faz com que a bola saia com mais força,
O TOQUE:
Chute, mire , na hora do jogo, na cara do goleiro  ( O Rodrigo, nos seus 3 chutes, fez isso, inclusive, o que bateu na barreira) , porque ela desvia ou sobe  com relação ao plano inicial, e mesmo que rebata em alguém, pode resultar em gol.Tente bater com força ao olhar o goleiro no meio da zaga. O resultado final será sempre bem melhor.

2) Marcação:
O adversário normalmente marca quem vai pegar a bola,
O TOQUE:
Procure duas ou três posições para receber o segundo ou primeiro passe,mesmo quando estiver marcando na segunda linha defensiva, é claro que depende de treino, e de quem vai estar na frente  na hora da jogada para poder sair da marcação do adversário.

3) Passe:
 Erre o mínimo de passes possível, e tente jogar o mais próximo de quem vai receber o seu passe
O TOQUE:
O  futebol é para frente, e o novo passe tem que abrir jogadas, é importante saber quem vai receber o novo passe que está chegando. Isso se chama 3º passe. No Santos ele praticamente não esta ensaiado, o jogador precisa achar o movimento ou esperar uma posição. É muito importante treinar o terceiro passe no treino.Antes porém,  treinar também passes, com dois jogadores, com cones fixos no campo, com corridas laterais e passes, com  os dois pés intercalando com os cones, indo e voltando, aumentando e diminuindo a distância. Um jogador vai de um lado com a direita o outro, do outro lado, com a esquerda, depois inverte na volta da tabela as pernas do passe,sempre jogando a bola entre os cones. Parece fácil mas não é. Um jogador tem que estar na ponta do cone e o outro corre para receber em posição de fazer o passe.

4) Lançamentos : Lançamento é treino e força  equilibrada e muito treino tático
O TOQUE: Faça lançamentos com os dois pés atravessando o campo, com deslocamentos laterais pequenos, com jogadores chegando e batendo no gol, com posicionamento de zagueiros na área, entre outros treinos.

Se e essa publicação foi legal, faça um "L" com polegar e indicador, com as mãos,em um gol, já estarei recompensado.
Obrigado.